Últimas Notícias

Homem é preso após ameaça de bomba e tenta levar avião a Soshi...
Esporte que constrói o Brasil.

Pratique

Bebidas Isotônicas: Benefícios e Cuidados

19/02/2016

18-02-matria-isotnicos-capa-interna_680

 Por Joana Coccarelli 

Também conhecidos como bebidas esportivas, os isotônicos são estrategicamente utilizados por atletas para garantir uma boa performance durante atividade física prolongada e intensa.

Eles possuem grande semelhança com o plasma humano, aumentando a velocidade de absorção pelo organismo – maior, inclusive, que a da água. 

Também repõem os sais minerais eliminados pela transpiração e compensam a grande queima energética gerada pelos treinos extensivos.

No entanto seu consumo deve ser cauteloso. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu que apenas atletas – e nem todos eles – façam uso dele.

O Segredo dos Isotônicos

isotonico_300Bebidas esportivas são formuladas com base em água, sais minerais e de 6 a 8% de carboidratos.

Assim ela é capaz de não apenas matar a sede e repor elementos essenciais para o corpo ativo como de aumentar sua capacidade de superar desafios, pois ajuda a eliminar o cansaço e a sensação de membros pesados típicos de exercícios de longa duração.

O resultado é um rendimento superior durante o treino, com consequente melhora de resultados.

Você Precisa de Isotônicos?

Mas vale notar que nem todo esportista precisa de bebidas isotônicas.

A necessidade real surge apenas quando da perda de mais de 2% de peso corporal ao final da atividade física.

Existe um cálculo para descobrir se esse é o seu caso: multiplique seu peso pós treino por 100 e divida o resultado pelo seu peso antes de iniciá-lo. Subtraia 100 do resultado encontrado.

Se o resultado final for maior que dois, você deverá de fato incluir um isotônico na sua rotina de hidratação durante o exercício; se for menor, fique apenas na água.

Um parâmetro mais simples é contar com o fato de que isotônicos não são necessários durante a primeira hora de atividade física – apenas após esse período.

Mas nada substitui a opinião de um médico do esporte: ele poderá fornecer respostas específicas para o seu caso.

Bebidas Esportivas: Atenção ao Rótulo

01883116000_300Embora sejam vendidas sem restrições em supermercados e até mesmo farmácias, é preciso ter cuidado com o isotônico que você vai consumir.

Vale lembrar que os de fórmula que apresenta frutose e glicose são superiores aos que possuem apenas sacarose.

Atenção para o total de carboidratos, que não pode ser maior que 20 gramas (ou de 4 a 8% m/v). Carboidrato demais acaba retardando a assimilação da bebida pelo organismo.

Cloreto, sódio e potássio são três substâncias essenciais pois facilitam a absorção, ajudando a repor sais essenciais ao corpo.

Um aspecto essencial é o chamado fator de osmolidade, para o qual os fabricantes devem inclusive realizar testes. Os resultados precisam estar entre 270 e 330 mOsm/Kg água.

Consumo com Responsabilidade

Apesar dos benefícios trazidos pelos isotônicos, seu uso indiscriminado deve ser evitado a todo custo: problemas como agravamento de diabetes, doenças renais e alterações de pressão podem surgir.

Como possui açúcares, seu consumo pode atrapalhar eventuais programas de perda de peso, pois repõem a queima calórica promovida pela prática de esportes.

Além disso, em excesso, eles podem danificar o esmalte dos dentes, levando a cáries.

Aqui, uma recomendação é aguardar 40 minutos após o consumo da bebida esportiva para escovar os dentes. Deve-se dar preferência, ainda, aos sabores não cítricos. Dispense as versões limão, laranja, tangerina e abacaxi.

Finalmente, lembre-se: ele não substitui a água.


Fatal error: Call to a member function getLink() on a non-object in /home/storage/a/b4/92/memoriaolimpicabrasi/public_html/incs/coluna_direita_pratique.codigo.php on line 21