Últimas Notícias

Homem é preso após ameaça de bomba e tenta levar avião a Soshi...
Esporte que constrói o Brasil.

MEMÓRIA OLÍMPICA

Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) e Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG)

Na década de 1960, brasileiros entusiastas do esqui pediram autorização para representar o país em um mundial e na Federação Internacional até que fosse criada uma Associação Brasileira de Esqui. Já em 1999, a Associação passou a ser de esqui e snowboard.

 

Apenas em 2003 a Confederação Brasileira de Desportos na Neve foi efetivamente criada. Na prática, houve apenas uma mudança de nome – substituindo o “Associação Brasileira de Esqui e Snowboard –atendendo à determinação do Comitê Olímpico Brasileiro. Porém, a CBDN adotou a data de fundação da ABSS, ou seja, 1989.

 

A CBDN se descreve como “associação civil, de caráter desportivo, sem fins lucrativos, com sede em São Paulo e jurisdição em todo o território”. ¹ Assim, a CBDN é a responsável, no Brasil, por todos os esportes de neve.

 

A história da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo é parecida. Fundada oficialmente em 2003, a instituição foi gerada a partir da Associação Brasileira de Bobsled, Skeleton e Luge, criada em 1996. Atualmente, representa o COB nas competições internacionais de bobsled, skeleton, luge, curling, hockey no gelo, patinação artística e patinação de velocidade.

 

Entre as dificuldades, tanto da CBDG como da CBDN, está o fato de que campeonatos brasileiros de esportes como bobsled e esqui são disputados no exterior, por falta de locais de prática e competição.
Assim, a CBDG tem como meta a construção de um Centro Nacional de Desportos no Gelo para atender aos seus atletas filiados e a CBDN considera a possibilidade da construção de um ski dome no Brasil, segundo afirma o presidente do Comitê, Stefano Arnhold.

 

Nos Jogos Olímpicos de Inverno, a CBDN é responsável pelo snowboard, esqui alpino e nórdico. Porém, a instituição ainda não está ligada ao Comitê Paralímpico Brasileiro porque não existem atletas Paralímpicos no país que disputem modalidades de esportes na neve – assim mesmo,  a Confederação está aberta para a criação de programas que fomentem a iniciação dos esportes de neve para deficientes no país, desde que haja interesse de atletas das modalidades, ressalta Arnhold.

 

O mesmo acontece com a CBDG: não há atletas Paralímpicos disputando modalidades no gelo. Porém, a Confederação estuda implantar o curling em cadeira de rodas e o hoquéi sobre trenó, afirma Eric Maleson, presidente da CBDG.

 

Fonte: sites oficiais do ¹CBDN, CBDG, IPC, CPB, COB, Entrevista MemoriaOlimpica.com

Texto: Rafaella Gil e Fabiana Bentes


Fatal error: Call to a member function getLink() on a non-object in /home/storage/a/b4/92/memoriaolimpicabrasi/public_html/incs/coluna_direita_os_jogos.codigo.php on line 28