Últimas Notícias

Homem é preso após ameaça de bomba e tenta levar avião a Soshi...
Esporte que constrói o Brasil.

MEMÓRIA OLÍMPICA

Comitê Paralímpico Internacional (IPC)

O Comitê Paralímpico Internacional é o órgão mundial que rege o Movimento Paralímpico e equivale ao Comitê Olímpico Internacional nas Olimpíadas. Além de organizar os Jogos Paralímpicos de Verão e de Inverno, funciona como Federação Internacional para nove esportes (esqui alpino, atletismo, biatlo, esqui cross-country, hockey no gelo, halterofilismo, tiro, natação e dança esportiva em cadeira de rodas), assumindo como função supervisionar e coordenar campeonatos mundiais e outras competições.

 

Os compromissos da organização são: possibilitar que atletas Paralímpicos alcancem a excelência esportiva e criar oportunidades para todas as pessoas com deficiência, do nível amador à elite. Além disso, o IPC deve promover os valores Paralímpicos – coragem, determinação, inspiração e igualdade.

 

Fundado em 1989, em Düsseldorf, na Alemanha, o Comitê não possui fins lucrativos e surgiu da necessidade de haver uma organização que governasse os Jogos (que cresceram de forma muito rápida) de forma mais eficiente. Porém, antes do IPC, existia o Comitê de Coordenação Internacional de Organizações Mundial de Esportes para Deficientes (ICC), criado em 1982. Atualmente, 170 Comitês Paralímpicos Internacionais e quatro Organizações Internacionais para o Esporte para Deficientes participam do Comitê – cuja sede fica em Bonn, na Alemanha.

 

A composição do IPC atualmente se dá do seguinte modo: uma Assembleia Geral (composta pelos Comitês Paralímpicos Nacionais, as Federações Internacionais e as organizações regionais) com máximo poder, um Conselho de Administração, uma Equipe de Gestão e várias Comissões Permanentes e Conselhos. Todos os representantes são eleitos por votação.

 

Os primeiros Jogos Pa aolímpicos de Inverno sob a gestão do IPC foram os de Lillehammer, Noruega, em 1994. O Comitê vê de modo positivo o crescimento dos Jogos Paralímpicos, uma vez que o número de países participantes e de jornalistas credenciados cresce a cada edição. Segundo o IPC, a melhor Paraolimpíadas de Inverno foi a de Vancouver em 2010 – mas as expectativas para Sochi (Russia), em 2014, também são altas.

 

Fonte: sites oficiais do ¹CBDN, CBDG, IPC, CPB, COB, Entrevista MemoriaOlimpica.com

Texto: Rafaella Gil e Fabiana Bentes


Fatal error: Call to a member function getLink() on a non-object in /home/storage/a/b4/92/memoriaolimpicabrasi/public_html/incs/coluna_direita_os_jogos.codigo.php on line 28