Últimas Notícias

Homem é preso após ameaça de bomba e tenta levar avião a Soshi...
Esporte que constrói o Brasil.

MEMÓRIA OLÍMPICA

Salt Lake City, Estados Unidos - 2002

Emoção, reconhecimento e superação: Salt Lake City 2002

 

Os VIII Jogos Paralímpicos de Inverno, nos Estados Unidos, foram um sucesso. O Comitê Organizador foi beneficiado pelo fato de que os locais de competição e as estruturas de credenciamento, transporte e informação já estavam prontas para a edição olímpica dos Jogos. Desse modo, Salt Lake precisou de poucas semanas para adaptar a estrutura já existente e iniciar os Jogos Paralímpicos.

A cerimônia de abertura aconteceu no Estádio Rice-Eccles, em 7 de março. Quarenta mil espectadores se emocionaram quando Eric Weihenmeyer, o primeiro cego a chegar ao topo do Everest, carregou a tocha olímpica, acompanhado por seu cão-guia. A pira, que queimaria até 16 de março, foi acesa por Muffy Davis e Chris Waddell, os melhores atletas no esqui-sentado dos Estados Unidos.

Pouco mais de 416 atletas, representando 36 países, competiram em três esportes e quadro disciplinas: esqui alpino, hóquei e esqui nórdico (biatlo e cross-country). Salt Lake foi a primeira Paralimpíada de Inverno de que participaram seis países: Andorra, Chile, China, Croácia, Grécia e Hungria.

O quadro de medalhas se configurou do seguinte modo: Alemanha no topo, com 17 ouros e 33 medalhas conquistadas; Estados Unidos em segundo lugar, com 43 medalhas, das quais 10 eram de ouro; e Noruega em terceiro, com 10 de ouro e 19 no total.

Os destaques foram o alemão Martin Braxenthaler, atleta de esqui alpino, que conquistou sua quarta medalha de ouro; e o australiano Michael Milton, também do esqui alpino, que ganhou o ouro nos quatro eventos do esporte.

O número inicial de ingressos girava em torno de 225mil, mas, devido à grande demanda, teve que ser aumentado para quase 250mil, e atingiu vendagem de 85%. Esse aumento do público contrastou com o relativo “vazio” dos Jogos de Verão em Atlanta, no ano de 1996.

Mais de oitocentos jornalistas foram credenciados para cobrir os Jogos, televisionados por mais de trinta emissoras ao redor do mundo. Outra novidade tecnológica foi o acordo que assegurou um sinal mundial para a transmissão de todos os esportes, proporcionando um alto (e inédito) nível de cobertura televisiva.

Ranking  País Ouro Prata Bronze Total
1 Alemanha 17 1 15 33
2 Estados Unidos 10 22 11 43
3 Noruega 10 3 6 19
4 Áustria 9 10 10 29
5 Rússia 7 9 5 21
6 Canadá 6 4 5 15
7 Suíça 6 4 2 12
8 Austrália 6 1 0 7
9 Finlândia 4 1 3 8
10 Nova Zelândia 4 0 2 6
11 Itália 3 3 3 9
12 Espanha 3 2 2 7
13 França 2 11 6 19
14 República Tcheca 2 1 2 5
15 Holanda 1 3 0 4
16 Bielorússia 1 1 0 2
17 Polônia 1 0 2 3
18 Ucrânia 0 6 6 12
19 Suécia 0 6 3 9
20 Eslováquia 0 3 6 9
21 Coreia 0 1 0 1
22 Japão 0 0 3 3
  Total 92 92 92 276

Fonte: Arquivos do Comitê Paralímpico Internacional (paralympic.org).

O Brasil ainda não participou de Jogos Paralímpicos de Inverno.

O Brasil ainda não participou de Jogos Paralímpicos de Inverno.


Fatal error: Call to a member function getLink() on a non-object in /home/storage/a/b4/92/memoriaolimpicabrasi/public_html/incs/coluna_direita_os_jogos.codigo.php on line 28